Em quem votar no primeiro turno?

Por eu ser colunista da Tribuna, diretor do NH News e não economizar opiniões sobre politica nas redes sociais, em especial sobre a minha cidade… muitos cobram que eu divulgue o meu voto. A maioria quer apenas criticar minha opção, pois sou um critico ferrenho do candidato líder das pesquisas e unanimidade entre os novorizontinos. Mesmo assim, hoje, revelarei meu voto e se você estiver indeciso, talvez essa matéria seja útil para você.

blog header

O voto no primeiro turno é o voto de esperança, é quando podemos escolher o candidato que represente nossa visão do mundo. Qual o Brasil ideal para nossos filhos? Sim, é agora, no primeiro turno que devemos fazer essa reflexão e escolher com esperança, jamais com ódio e independente das pesquisas eleitorais.

Temos 13 opções para presidente, porém, esta difícil escolher. Estamos em plena crise econômica e a maioria dos candidatos usam falsas promessas e mentiras uteis para fidelizar o eleitor indignado. Eu também estou indignado, mas tenho uma grande preocupação em não piorar a nossa situação, por isso, não citarei o candidato Bolsonaro. Quero falar apenas de opções saudáveis para o nosso país e talvez até, ajudar os indecisos. Mas antes de falar em quem eu vou votar, primeiro falarei em quem não vou votar e porque.

João Amoedo, é a melhor opção para quem quer um país de direita, mas tem medo de piorar com Bolsonaro. Se eu fosse rico, com certeza votaria no Amoedo, pois ele parece ser um cara inteligente que respeita a democracia, diferente de outros candidatos de direita. Infelizmente sou pobre, e Amoedo não tem planos a longo prazo para diminuir a desigualdade social que ao meu ver, é o maior problema do Brasil.

Guilherme Boulos é o candidato que consegue em seu plano de governo, melhor representar os lamentos da imensa população pobre do Brasil. Seu discurso se apóia na triste estatística de que apenas 1% da população detém 28% das riquezas do nosso país. Mas Boulos é populista e insiste em trazer Lula para sua campanha e assim, angariar seus seguidores. Acho que Boulos dividiria ainda mais os brasileiros, não voto, pois o momento requer união.

Lula não vai concorrer, mas se fosse, ganharia no primeiro turno. Em seu lugar está Fernando Haddad, que até foi um bom prefeito em São Paulo, sei disso, pois eu morava lá nessa época. Mas muito melhor que ele, seria Manuela D’Avilla em outro partido, mas infelizmente ela aceitou ser vice de Haddad. Manuela, apesar dos ideais comunistas, representa a luta das mulheres e eu acredito sinceramente que esse é o caminho, pois somente quando nosso congresso for 50% feminino é que teremos uma representação honesta aos anseios do país. O problema é que as próprias mulheres não acreditam nisso. Insistir com o PT me parece um grande erro, pois sinto que o partido luta apenas pela manutenção do poder e eu quero votar na mudança e com esperança.

Ciro Gomes é um candidato que começou sua campanha cedo, eu achei que ele seria uma boa opção, mas Ciro caiu no meu conceito quando descobri que sua vice, Katia Abreu, é envolvida com desmatamentos e trabalho escravo, além disso, Ciro passou a investir em propostas populistas do tipo: “vote em mim que eu vou tirar seu nome do SPC”. Ao meu ver soa como: “volte em mim que vou liberar arma de fogo”, sabe? É apelativo, e trata a causa,  não o problema.

Aliás, um belo exemplo da causa do nosso problema é a contraditória candidatura de Geraldo Alckimin. Ele e o seu partido, PSDB estão a 24 anos a frente do estado de São Paulo, grande parte da culpa dessa desordem é deles. Porém, Alckimin, uniu o centrão e isso lhe deu um tremendo empurrão, tanto entre os aliados, quanto na TV, mas eu não voto no PSDB, pois entendo que além de corruptos, são gananciosos e manipuladores.

Além desses que eu detalhei, talvez você se interesse por Alvaro Dias e Henrique Meirelles, candidatos que no meu ponto de vista, representam a velha política, os acordões, o toma lá da cá. Enfim, não tem meu apreço. Existem mais candidatos, eu sei, mas são inexpressíveis pra mim, por isso não comentarei nessa matéria opinativa.

Fica um alerta: Esses argumentos que usei para justificar em quem não voto, são todos questionáveis e reversíveis, pois estamos em campanha e se você pesquisar, vai achar os próprios candidatos dando versões alternativas sobre o que eu falei. Pesquisem, foi o que eu fiz, e assim, encontrei minha candidata para o primeiro turno: Marina Silva.

Ninguém vai salvar o país, quem acredita nisso esta iludido. Todos tem prós e contras, mas eu consegui acalmar meu coração imaginando a possibilidade de Marina Silva ser eleita presidente do Brasil. Você pode estar rindo, mas será que a conhece?

Marina é do Acre, ela nasceu em uma família paupérrima e somente aos 15 anos de idade é que teve acesso à educação. Foi trabalhando como domestica e seringueira que Marina conseguiu se formar em história na universidade federal do Acre. Mais tarde, tornou-se ativista e ao lado de Chico Mendes, lutou contra o desmatamento da Amazônia. Na década de 80, Marina se filiou ao PT, e muitos torcem o nariz por isso, mas vale lembrar que o PT dos anos 80, era um projeto de partido novo que nascia com muita esperança de mudança.
Ela foi vereadora, deputada e senadora pelo Acre. Detalhe, sempre eleita como a candidata mais votada. Em seus mandados, ficou conhecida por combater privilégios políticos e criar leis ambientais. Em 2003 foi nomeada ministra do meio ambiente e apesar das inovações, Marina teve que lidar com a corrupção sistêmica dos ministérios, fato que motivou ela a entregar sua famosa carta de exoneração em 2008.

Somente em 2009, assediada pelo Partido Verde, Marina se lançou como candidata a presidência do Brasil e obteve incríveis 20 milhões de votos.

Em 2013 Marina saiu como vice de Eduardo Campos, mas como todos devem se lembrar, o avião em que ele estava caiu, então Marina saiu candidata novamente e ficou em terceiro lugar com 22 milhões de votos.

Em 2015, Marina oficializou seu próprio partido, a “Rede Sustentabilidade”, assim como Amoedo fez com o partido “Novo”. A Rede é um partido moderno que defende a liberdade de expressão e não se define como direita ou esquerda, e sim, livre para negociar com ambos os lados. Eu, sinceramente prefiro partidos que se posicionem, mas a Rede, acima de tudo, combate a corrupção. Foram eles que fizeram os pedidos de cassação de Aécio, Renan Calheiros e até da chapa Dilma/Temer.

Marina é a única candidata que defende a preservação dos museus brasileiros em seu plano de governo e promete investir na cultura, que por acaso, é o meu setor de atuação. Só isso já seria suficiente para eu apoia-la, mas tem outro detalhe, o seu vice, é simplesmente o cara mais legal da politica nacional, Eduardo Jorge, que foi um dos criadores do SUS e disputou a presidência em 2014 ficando em sexto lugar.

Mariana é evangélica, algo que particularmente não me agrada nem um pouquinho, pois eu acredito que religião e politica não combinam. Mas fiquei confortável ao descobrir que Silas Malafaia e Feliciano são desafetos de Marina, um ótimo sinal, pois são perfeitos exemplos de falsos profetas que usam da ignorância dos fieis para perpetuar o poder atuando em causa própria.

Muitos vinculam a imagem de Marina com a de uma mulher fragilizada, mas eu, enquanto pesquisava sobre a vida dela, tive certeza que isso é puro preconceito, pois muitas dessas pessoas que clamam por autoritarismo na politica, jamais seriam “machos” o suficiente para sobreviver a um décimo do que Marina passou.

Ela é negra, perdeu a mãe com 14 anos, sua origem é pobre, luta pela igualdade, defende a natureza e prega a união dos brasileiros. Eu consigo me sentir esperançoso imaginando Marina como a minha presidente, por isso, no primeiro turno meu voto é dela.
Se você se interessou por Marina Silva, saiba que o número dela é o 18.

(…)

Essa Matéria foi publicada na página do Facebook NH News.

Você se sente seguro em Novo Horizonte? Lembre-se de proteger o seu patrimônio. A Serseg Segurança, esta no mercado a mais de 10 anos. Quer proteger sua casa, sua empresa, seu patrimônio? A Serseg tem a solução ideal para você.

Ligue e peça um orçamento 17 – 3542-1100

Se preferir, acesse o site www.sersegsegurançaprivada.com.br

serseg blog

A produção do NH News é minha, Gilson de Lazari e a edição é do Rogério Silva. Se você gosta do NH News, saiba que pode ser um patrono e assim ajudar nessa missão que é valorizar a cultura local, levar informação e livrar nossa cidade de antigos estigmas, principalmente, no âmbito político.

Saiba o que é e como ser um patrono acessando o link .

Receba o NH News “grátis” toda segunda pelo whatsapp… É só clicar aqui http://bit.ly/2K4qbFv e confirmar a mensagem.

Assine

O NH News, também está disponível em todas as plataformas de podcasts. Escolha uma das opções e se inscreva:

Apple Podcasts
Android
Spotify
Deezer
Castbox
Pocket Casts
Overcast
RSS

Meu nome é Gilson de Lazari e foi um prazer falar de Novo Horizonte com vocês. Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s