Temos 124 milhões, será que o problema de NH é dinheiro?

Na ultima segunda feira, dia 12, a câmara de Novo Horizonte promoveu a audiência publica mais importante do ano, mas nenhum representante da prefeitura foi dar esclarecimentos. Além dos funcionários da câmara, apenas 5 vereadores e 3 munícipes estavam presentes.

20181113_DSCN7815

Um mês (incompleto) após as eleições presidenciais foi suficiente para murchar os pseudo-políticos. O que eu não sabia é que aquele forte discurso politico sustentado por alguns internautas se perderia assim, tão rapidamente quanto nasceu.

Tentei questionar os indignados temporões, mas nada, sem chances, apenas os grilos me responderam.

Pois bem, parece que ainda não será dessa vez que os políticos de Novo Horizonte serão fiscalizados espontaneamente pela população, então, as chances são grandes de que 2019 seja um ano tão ruim, ou até pior para quem depende dos serviços prestados pela prefeitura.

Prova disso é o projeto de lei orçamentária, enviado pelo prefeito, e discutido em audiência aberta ao público na última segunda-feira, do qual, é apresentada a estimativa de arrecadação e o destino de todo nosso dinheiro.

Vale lembrar que se trata de um Projeto de Lei, nesse caso, nº 5.403/18 e sendo lei, existem responsabilidades jurídicas. Vale lembrar também que nossos vereadores são bem pagos para fiscalizar se as leis estão sendo cumpridas, porém, de 13, apenas 5 estavam presentes: Nelsinho Luiz, Beto de Sousa, Cléber Gaúcho, Ideval Cardoso e Lúcia Alves.

A noticia boa é que em 2019 a nossa arrecadação aumentou, receberemos 124 milhões de reais. Quem usa a velha desculpa do “não temos dinheiro para nada” vai ter que mudar o discurso e arrumar outra desculpa, pois 124 milhões é muito dinheiro.

A noticia ruim é que esses 124 milhões já chegam gastos, o destino da maioria dessa grana, como sempre, será para maquiar os erros de uma administração desastrada e perdida em sua própria cumplicidade.

As vezes eu fico pensando… como um prefeito que trabalha apenas na hora de seu almoço vai conseguir resolver todos os problemas que ele criou, exatamente por não estar presente e ter deixado a cidade nas mãos de pessoas incompetentes?

O sentimento de abandono é inexorável. Andar pelas ruas desviando dos buracos é normal, ver entulho sendo jogado na marginal numa tentativa desesperada de segurar o pouco de asfalto que ainda resta, é normal. As pontes desmoronadas estão fazendo aniversário, o mato já se espalhou pelas praças e avenidas, escorpiões e cobras estão sendo encontrados dentro das casas, a coleta de lixo é ineficaz, os postos de saúde estão fechados, as frotas estão sucateadas, e ao não tocar no assunto, nossa velha imprensa local reforça que tudo isso é absolutamente normal, apenas o grilo arisca-se falar a respeito.

Os “cara pálidas” responsáveis pela manutenção, se justificam culpando a “falta de mão de obra”, mas dessa vez, 70 milhões serão destinados para folha de pagamento, 10 milhões a mais do que o ano passado. Ou seja, também precisarão procurar outra desculpa.

Nesse jogo de rapasse de verbas com cartas marcadas, a educação, que tanto, alguns políticos perversos se gabam, continuará consumindo quase todo o dinheiro do município, pois novamente será a pasta mais privilegiada. E não que eu seja contra os investimentos na educação, pelo contrário. Mas nossa cidade esta em ruínas e não existe nenhuma iniciativa administrativa ou legislativa que sugira se quer, um pequeno remanejamento da enorme pasta da educação. Em 2019, mais de 41 milhões, irá para secretaria da educação, enquanto a saúde por exemplo, receberá apenas 30 milhões.

O nosso problema não é dinheiro, nunca foi, dinheiro tem e é o suficiente, nosso problema é quem administra o nosso dinheiro.

Nosso problema também não são as leis, elas são eficientes e claras. Nós apenas não temos quem as coloquem em pratica. Repito, nessa reunião, que apresentou a origem e o destino de todo dinheiro que será usado em Novo Horizonte no ano que vem, 8 vereadores não foram.

(…)

Essa Matéria foi publicada no Jornal A Tribuna NH e na página do Facebook NH News.

Você se sente seguro em Novo Horizonte? Lembre-se de proteger o seu patrimônio. A Serseg Segurança, esta no mercado a mais de 10 anos. Quer proteger sua casa, sua empresa, seu patrimônio? A Serseg tem a solução ideal para você.

Ligue e peça um orçamento 17 – 3542-1100

Se preferir, acesse o site www.sersegsegurançaprivada.com.br

serseg blog

A produção do NH News é minha, Gilson de Lazari e a edição é do Rogério Silva. Se você gosta do NH News, saiba que pode ser um patrono e assim ajudar nessa missão que é valorizar a cultura local, levar informação e livrar nossa cidade de antigos estigmas, principalmente, no âmbito político.

Saiba o que é e como ser um patrono acessando o link .

Receba o NH News “grátis” toda segunda pelo whatsapp… É só clicar aqui http://bit.ly/2K4qbFv e confirmar a mensagem.

Assine

O NH News, também está disponível em todas as plataformas de podcasts. Escolha uma das opções e se inscreva:

Apple Podcasts
Android
Spotify
Deezer
Castbox
Pocket Casts
Overcast
RSS

Meu nome é Gilson de Lazari e foi um prazer falar de Novo Horizonte com vocês. Até a próxima.

Um comentário sobre “Temos 124 milhões, será que o problema de NH é dinheiro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s