A capa do meu disco está pronta e será K7!

Como venho divulgando, dia 25 de fevereiro, finalmente lançarei o meu disco de músicas autorais e essa, é a capa!

capa final

O envelhecido é para disfarçar a precariedade ao qual o material será distribuído, “fita k7.” Sim… a capa foi feita nas medidas de uma fita cassete e aqui, está adaptada para o formato digital onde pouca coisa muda.

O Delírios Musicais não será lançado em CD. Além da distribuição digital, lançarei de forma independente em fita K-7, poucas mais valiosas. Quem adquiri-la poderá também baixar o álbum através de um QR-code que vai estar no verso da capa, é uma opção. Mas já adianto, trará algumas surpresas, entre elas, uma música extra que não será divulgada no álbum digital.

Mas porque uma fita Cassete?

Se eu te vendesse ou entregasse um CD, você provavelmente jogaria fora na primeira oportunidade ou guardaria em um lugar que quando o achasse, já estaria mofado. O que eu queria fazer era um vinil, claro, grande e cheiroso, mas é muito caro, aliás, a fita k7 é mais cara que um CD para fabricar, a diferença é que…

Se fosse “eu” que recebesse uma fita cassete com o novo trabalho de um artista, eu pensaria:

– Caralhooooo, uma fita K-7… que FODA!

E mesmo se eu não tivesse onde ouvir a porra da fita, eu a guardaria em um lugar especial, tipo, no meu estúdio ou na estante ao lado de outras bugigangas que eu costo. Ou seja, pra mim, a fita é um extra, é saudosista, me leva de volta para tempos de aprendizado e descobertas musicais. O chiado? Pouco importava e hoje, é só uma opção, se não gosta do chiado, ouça no límpido arquivo digital.

Eu mesmo vou confeccionar de forma artesanal, adquiri 100 fitas (usadas), vou tentar recupera-las, gravar uma por uma, vou mandar imprimir a capa e o adesivo que vai na fita, lembra? Lado A e Lado B… eheheh… que beleza!

Um comentário sobre “A capa do meu disco está pronta e será K7!

  1. Eu sou um entusiasta das fitas K-7! Além de ser um ouvinte atento, gosto muito de música e por acaso também sou técnico em eletrônica, especializado em recuperação de aparelhos antigos (“vintage”), em especial de tape decks k-7. Caso o amigo precise de uma mãozinha, seja no tocante ás fitas, seja nos gravadores ou no próprio processo de gravação, fique à vontade para me consultar. De maneira geral posso ajudá-lo gratuitamente, só pelo prazer de ver as fitinhas rodando por aí, se for alguma coisa mais complicada a gente faz um orçamento ou eu dou uma orientação onde conseguir. Pode me achar no email que estou fornecendo para fazer este comentário.. Sucesso!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s