Spotlight e Ricardo Boechat, obrigado!

 

“Spotlight – Segredos revelados,” é um filme de 2015 que só agora consegui assistir, ainda bem, pois só após seu lançamento, foi que comecei a escrever para o Jornal e por acaso, assisti o filme alguns poucos dias antes da morte do jornalista Ricardo Boechat. O filme, a minha coluna no jornal e a tragédia com Boechat tem uma ligação em comum: A importância do bom Jornalismo.

boechat

Quando aceitei ser colunistas de um jornal, me imaginei em uma redação, estressado, fumando, com uma maquina de escrever carregada e pronta para atirar verdades indigestas orquestradas por um editor maluco.

Como foi – Eu, em casa, sozinho, parando de fumar, com um notebook magrelo na minha frente, sem a menor noção sobre o que falar e como escrever.
Acho que jamais serei um jornalista de verdade, admiro quem cursou faculdade, por um tempo até cogitei essa possibilidade, mas após conhecer e acompanhar alguns “jornalistas formados,” sinceramente… desanimei! A carreira da qual me identifico e insisto é a arte, principalmente a música que também não estudei o suficiente e admito, faz falta, não façam como eu, estudem. O conhecimento é a única arma que faz sentido você ter.
“Spottlight,” é um filmaço, faturou dois Oscars, melhor filme e melhor roteiro original. E nem era pra menos, a trama é baseada em um história real e cruel de pedofilia envolvendo o alto clero da igreja católica. Spotlight foi o nome adotado por um grupo de jornalistas que cobriam casos complexos, como esse, que exigiam uma minuciosa investigação jornalistica.
Ao acabar de ver o filme, olhei para minha doce Cris que assistia ao meu lado e perguntei:
– Percebe a importância do bom jornalismos?
Confirmando, ela ainda me disse que se orgulhava do que eu, mesmo com todas as minhas limitações, vinha fazendo aqui em Novo Horizonte em relação a isso.
Não sei se o que faço pode ser considerado jornalismo, mas sei que é um degrau, e o mais importante é que hoje, consigo dar valor ao verdadeiro jornalismo, aprendi que não importa onde a matéria é escrita, pode ser em um notebook, em uma maquina de escrever de ouro, ou mesmo em um papel de pão. O que importa, é a credibilidade que aquele veiculo e o autor da matéria constrói.
Mas como ter credibilidade em uma época onde as pessoas estão acreditando em fake-news?
Como escrever de forma inteligente se a maioria optou em se informar por correntes do Whatsapp?
São tempos estranhos onde, a credibilidade das informações perderam espaço para a instantaneidade vulgar em consumir apenas o que convém. Em um mundo virtual e dinâmico, mais vale aquela noticia do “zap” do que uma bela matéria investigativa.
As vezes recebo “breaking-news,” (noticias instantâneas) mas prefiro que a TV BGO ou o NH-SP cubram, eles são bons nisso e nós, Cocão e eu, o Spotlight caipira, somos só dois tiozões sedentários que preferem “coçar a barba” antes de sair opinando sobre algum assunto.
Dizem que o verdadeiro jornalista não emite opinião, apenas narra o fato como se fosse um robô sem coração. Nesse caso, ainda bem que não sou jornalista, pois cada vez que vejo um novo escândalo político tenho náuseas, quando alguém defende político, então… minha veia da testa pulsa, mas logo me acalmo e fico agradecido em ser discípulo de Ricardo Boechat. Um ateu que dispensa apresentações, eu o ouvia todas as manhãs no rádio e lembro do dia que ele mandou o Pastor Malafaia procurar uma rola, cara, que coragem, que talento, que profissional era o Boechat, mas infelizmente nos deixou de forma precoce.
– Poxa Gilsão, mas sua referência é um jornalista que falava palavrão?
Não, minha referência é o Ricardo Boechat, um jornalista que “quando era preciso” falava palavrão.

 

(…)

Receba o NH News “grátis” toda segunda pelo whatsapp… É só clicar aqui http://bit.ly/2K4qbFv e confirmar a mensagem.

Assine

O NH News, também está disponível em todas as plataformas de podcasts. Escolha uma das opções e se inscreva:

Apple Podcasts
Android
Spotify
Deezer
Castbox
Pocket Casts
Overcast
RSS

Essa Matéria foi publicada no Jornal A Tribuna NH e na página do Facebook NH News.

Você se sente seguro em Novo Horizonte? Lembre-se de proteger o seu patrimônio. A Serseg Segurança, esta no mercado a mais de 10 anos. Quer proteger sua casa, sua empresa, seu patrimônio? A Serseg tem a solução ideal para você.

Ligue e peça um orçamento 17 – 3542-1100

Se preferir, acesse o site www.sersegsegurançaprivada.com.br

serseg blog

A produção do NH News é minha, Gilson de Lazari e a edição é do Rogério Silva. Se você gosta do NH News, saiba que pode ser um patrono e assim ajudar nessa missão que é valorizar a cultura local, levar informação e livrar nossa cidade de antigos estigmas, principalmente, no âmbito político.

Saiba o que é e como ser um patrono acessando o link .

Meu nome é Gilson de Lazari e foi um prazer falar de Novo Horizonte com vocês. Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s