Ouça os Delírios Musicais

Os Delírios Musicais é o nome do meu projeto musical e ele estreou nas plataformas digitais hoje, dia 25 de fevereiro de 2019. Um dia especial, pois esse, também é o dia que eu nasci, isso foi em 1978, minha mãe, a Dona Cida, conta que eu nasci com uma leve pressão, mas nunca me explicou porque eu sinto essa pressão até hoje.

Deve ser culpa das nossas decisões, em setembro de 2016, pouco tempo depois da minha volta para Novo Horizonte, após deixar pra trás minha história com a música na capital paulista, resolvi sacudir a poeira e tentar gravar algumas novas idéias que vagavam por minha mente de pisciano sonhador.

Estávamos felizes, pois finalmente, minha doce Cris e eu, havíamos conquistado nossa casa própria, e pude realizar um antigo sonho que era montar o meu home-estúdio. Tudo corria bem, mas então, algo inesperado aconteceu, descobri que lento e sedento, um tumor estava crescendo dentro do meu corpo com a intenção de me levar ao silêncio. Sem alerta nem dor, o doutor me diagnosticou com a tal doença maldita, essa mesmo que mata milhares de pessoas todos os dias, o câncer.

Desolado com a noticia pensei:

– Não posso morrer, e meus filhos, e os meus planos… Como assim, morrer? Ainda tenho muitas coisas grandes para conquistar, não posso morrer!
Dramaticamente, me peguei negociando com a morte um ultimo gole, um último trago ou uma última canção.

Depressivo, tentei ser otimista, mas estava ruindo por dentro, eu morria todo dia de uma forma diferente e de todas, a minha pior morte era imaginar que logo estaria esquecido, pois nada deixaria aos meus filhos além de bens materiais.

Naquele momento de delírio mental decidi fazer algo que me ajudasse nessa questão existencial, algo que eu pudesse me orgulhar em vida e pudesse ser eterno enquanto lembrado… então, elaborei o meu projeto musical, “Os Delírios Musicais.”

Em pouco mais de 6 meses fiz 22 músicas e dessas, arranjei e produzi 16, ao fim, com a ajuda de amigos, escolhi 10 e essas são as canções que lancei hoje.

Essa história é um pouco dramática, eu sei, mas nem todas as músicas tratam desse tema, algumas falam sobre minha relação com a política, sobre eu tentar ser útil, me colocando como o pó, que assola a vida de alguns políticos.

Falo também sobre o machismo que apesar de combate-lo, está enraizado em mim. Criei personagens fictícios que só depois fui perceber o quanto deles tem em mim. Abordo a questão da fé e, paralelamente, me coloco em peregrinação numa canção de 8 minutos em busca da minha verdade.

As letras podem e devem ser interpretadas à sua maneira, mas existe um elo que une essas músicas num mesmo tema, em comum, todas falam da despedida, do fim, da perda, do fugir… do partir.

Confesso, minha vida mudou, hoje sou outro Gilson, mas sem vitimismo, ok? Pode parecer um pedido de socorro, mas já fui salvo e foi pelo doutor Marcel que fez a cirurgia que me curou. Ou seja, para alegria de muitos e tristeza de alguns – continuo vivão e vivendo.

Trabalhei no arranjo dessas canções por mais de dois anos, o desafio era fazer tudo sozinho, gravar os instrumentos e até cantar. Pode parecer simples para alguns, mas cantar, foi e é meu maior desafio, mas está pago e sigo tranquilo com a certeza de ter feito o meu melhor e nesse NH News especial, gostaria de convida-lo para ouvir esses delírios musicais acessando meu blog, gilsondelazari.wordpress.com

Agradeço aos que acompanharam essa saga até o fim, aos amigos que me incentivaram e principalmente à minha família que convive diariamente com os Delírios do Gilsão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s