Vereadora Francine Feliciano cria a Comissão Permanente dos Direitos da Mulher

O projeto da vereadora do Republicanos foi apresentado na sessão ordinária do último dia 5 (período em que substitui Carlos Henrique BGO que está se recuperando da Covid 19) e mesmo em curta passagem pela Câmara, Francine, já deixou uma importante colaboração para o bem estar das mulheres novo-horizontinas.
A Comissão Permanente dos Direitos da Mulher terá o objetivo de proteger os direitos das mulheres num momento em que esse tema tem despertado o interesse de vários segmentos representativos da sociedade. Francine é funcionaria do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) e sua vivencia assistencial teve forte influencia na sua postura na Câmara.

Essa comissão que hoje criamos aqui, já existe em vários municípios, então, ela não é uma comissão nova, mas ela vai contribuir com a cidade para que a gente possa conseguir recursos para apoiar, inclusive a administração pública, que luta também com as criações de centros de atendimentos prioritários para as mulheres vítimas, principalmente, de violência doméstica. No ano passado aproximadamente 250 mulheres denunciaram maus-tratos na delegacia e esse ano, até agora, foram 132. Esses dados são altos, porém poderia ser muito mais se tivesse apoio à essas mulheres que é o que falta. Então, essa casa, como casa do povo, vai servir para isso: para que as mulheres possam vir aqui junto com vocês e lutar por essa prioridade, não só na delegacia, mas sim no tratamento psicossocial dessas mulheres.
Eu presenciei uma moça toda machucada no CRAS e ela precisou fazer corpo de delito em Catanduva porque lá ela teria um apoio melhor do médico que é especialista nesses casos e ela relatou que se quisesse ajuda para tirar as coisas da casa dela era para chamar a polícia para acompanhar ela. Então, acho que é para isso que nós estamos aqui, para lutar junto com essas mulheres. Não só as mulheres como os homens também e juntos conseguir encerrar esse tipo de violência. Então deixo aqui mais uma vez meu muito obrigado a todos

Francine Feliciano

A falta de representatividade feminina na política é um problema crônico em todo o Brasil. Em Novo Horizonte, por vários mandatos, não tivemos nenhuma mulher eleita. Porém, vale lembrar que em 1993, após duas mulheres assumirem como suplentes tivemos pela primeira vez 6 mulheres na câmara simultaneamente. Atualmente elas estão em 3: Ivone Ruiz (PSDB) e Paula Reami (PL) representantes da causa animal e Sonia Canato representando o AVAS. Em contra partida, 10 homens atualmente estão na Câmara, contando com Carlos Henrique BGO que já está liberado pelo médico e na próxima sessão ordinária do dia 18 de julho voltará a compor a mesa.

Quer receber o Conecta Novo Horizonte no Whatsapp?
É só clicar no link: https://chat.whatsapp.com/EAGfZb4pIzSAypkBQy18JW

O Podcast NH News, também está disponível em todas as plataformas de podcasts. Escolha uma das opções e se inscreva:

Assine

Apple Podcasts
Android
Spotify
Deezer
Castbox
Pocket Casts
Overcast
RSS

WhatsApp Image 2019-08-27 at 11.28.11

Navegue em alta velocidade com a melhor internet de Novo Horizonte, e neste mês está ainda melhor, tenha na sua residência ou comércio a única internet 100% fibra óptica da cidade sem pagar Adesão ! É isso mesmo ! Adesão Grátis ! MTNET Ligue 3543-9030 e garanta já a sua INTERNET com ultravelocidade !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s