O POH é o que sobrou de mim, só o resto…

Os delírios podem ser musicais, mas as letras são reais.   Quando decidi sair de Novo Horizonte, eu ainda era um menino e fui influenciado por um amigo que morava em São Paulo mas passava as férias aqui, na casa da vó que era minha vizinha. Ele me nutria com novidades que não se encontrava por aqui, alias, até hoje ele me nutre, pois é daqueles amigos pra vida toda, sabe?   Aos 23 anos eu cumpri meu juramento e realmente fui embora, mas essa música não fala da minha ida e sim da minha volta. “O Poh”, é o … Continuar lendo O POH é o que sobrou de mim, só o resto…